“A Salvação de Wang-Fô”, Marguerite Yourcenar

Escreve sobre o que a imagem te sugere!

Anúncios

23 thoughts on ““A Salvação de Wang-Fô”, Marguerite Yourcenar

  1. A imagem lembra-me um episódio da história quando Wang-Fô pintou um quadro onde aparecia o seu discípulo Ling num barco para o vir salvar da sua morte, no Palácio Imperial…

  2. A imagem faz-me lembrar a parte onde o imperador obrigou Wang-Fô a acabar um quadro da sua coleção.Como os quadros de Wang-Fô tornam-se reais, Wang-Fô pensa logo em pintar qualqer coisa para escapar ao imperador.
    Wang-Fô pinta um barco a flutuar nas marés, a agua começou a sair do quadro como o tal barco e de seguida viu dentro o seu discipulo Ling que tinha morido anteriormente.Wang-Fô assim conseguiu escapar-se do imperador, e assim foi.

  3. Esta imagem sugere: Wang-fô com o seu disciplo Ling fugiram da prisão por um barco que Wang-fô desenhara num quadro. O chão de jade ficara inundado pela água que saira do quadro. Então apareceu Ling e foram-se embora.

  4. Esta imagem sugere o 5 momento, quando Wang-Fô foge e entra no quadro fugindo com a ajuda do Ling e desaparecem do quadro

  5. Esta imagem faz-me recordar o 5º e último momento onde Wang-Fô foge acompanhado por Ling, através dos seus quadros cheios de vida, e desaparecem salvando-se assim do imperador, com fome de vingança, e dos seus soldados ferozes e agressivos.

  6. Este imagem sugere- nos a fuga de Wang Fô e do seu discipulo Ling num barco pintado por Wang Fô, uma vez que os seus quadros ganham vida.

  7. O que esta imagem nos sugere?!?!
    Sugere-nos muita coisa, mas, especialmente, a mistura entre a realidade e a ficção, a arte e a criatividade.
    Esta imagem também nos faz lembrar a parte da Fuga de Wang-Fô, a que se deve o título. Uma fuga assim só mesmo no mundo que Wang-Fô, onde com os seus olhos, que são duas portas mágicas por onde ele penetra no seu reino e também em conjunto com as suas mãos, que são estradas de dez ramificações pela qual vai directamente até ao coração do seu império e através destes meios ele criou um imenso mar por onde escapou da sua “morte” e como “À morte ninguém escapa, nem o rei nem o papa…”, mas desta escapou Wang-Fô e também o seu único discípulo, Ling. Este também escapou, mesmo depois de estar morto, Wang-Fô consegui ressuscitá-lo e levou-o consigo para eternamente viverem.
    Wang-Fô teve muita sorte, pode ser que nós também!!!

  8. Wang-Fô é um pintor com um discipulo chamado Ling que é mercador. Esta imagem pertence à quinta parte do conto e tem duas partes distintas. Esta imagem sugere-me Wang-Fô a pintar o seu quadro inacabado, de há muitos anos e que o Imperador queria que ele acabasse. Nesse momento Ling já estava morto. Sugere-me também Wang-Fô a fugir no seu pequeno escaler branco que desenhou no quadro flutuando no mar. Neste momento O chão começava a ficar húmido há medida que o tempo passava… De repente aparece Ling no barco, como Wang-Fô tinha desenhado no seu quadro… O Imperador e os seus soldados morreram durante uns momentos para que wang-Fô pudesse fugir com Ling. Quando Wang-Fô e Ling desapareceram, o Imperador e os seus soldados ressuscitaram mas ninguém podia adivinhar que o Imperador iria ficar com um pequeno amargor do mar no coração.

  9. A imagem de Wang-Fô mostra-nos dois homens,Wang-fô e Ling o seu discipulo.
    Eles vão fugir de barco porque o imprador quer vê-los mortos.Wang-fô tinha um poder sobrenatural em que Wang-fô pinta quadros que ganham vida.Este conto é muito divertido.

  10. O que esta imagem nos oferece?????
    Esta imagem apareces-nos uma vista para além do horizonte. ao olharmos para ela avistamos várias imagens ao mesmo tempo: a fuga de duas pessoas, algo mágico a sair das mãos de uma das pessoas, ou ate uma delas a pintar.
    Estas duas pessoas encontram-se num barco em cima de água ou esse mesmo barco a navegar em magia, tinta ou até mesmo em sombras.
    Gostámos muito, e pensamos em cá voltar em breve.
    Assim nos despedimos com muita satisfação ao comentar tal maravilha. Beijos e abraços da Cátia e da Inês……..

  11. A imagem lembra-me o momento onde o imperador obriga Wang-Fô a acabar um quadro da sua coleção, mas como todos quadros de Wang-Fô se tornam reais Wang-Fô pensa logo em pintar qualquer coisa para escapar ao imperador.
    Então Wang-Fô pinta um barco a flutuar nas marés.
    Pouco a pouco a água do quadro começa a sair tal como o barco, Wang-Fô de longe vê o seu discipulo Ling e subiu em cima do barco e, assim foi.

  12. A imagem lembra-me um velho pintor Wang-fô e o seu discípulo Ling.O pintor era conhecido por ter o poder de dar vida às suas pinturas por um derradeiro toque de cor.

  13. Gostaria de saber se todos os contos de Contos Orientais estão neste volume, ou apenas alguns. Obrigado a quem me responder!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s